Whatsapp como ferramenta de marketing político

O aplicativo de mensagens instantâneas e chamadas de voz veio para revolucionar a forma como nos relacionamos e compartilhamos conteúdo.

É impossível falar em comunicação online sem falar em Whatsapp, além disso, com as novas regras eleitorais ele se tornou ferramenta fundamental na campanha eleitoral.

 

Por que o Whatsapp?

O WhatsApp é o aplicativo mais utilizado no Brasil, segundo uma pesquisa realizada pela Conecta, plataforma web do Ibope Inteligência, divulgada no final de 2015. Os dados coletados apontam ainda que o WhatsApp é utilizado por 93% dos brasileiros que participaram da pesquisa.

No Brasil, um em cada três usuários ativos mensais do aplicativo de comunicação instantânea podem ser considerados como usuários diários de chamadas de voz pelo WhatsApp. É o que revela a nova edição da pesquisa Panorama Mobile Time/Opinion Box – Mensageria no Brasil.

grafico

Ranking de apps mais usados no Brasil (Foto: Divulgação/Ibope)

 

Como usar o WhatsApp?

Assim como nas demais ferramentas de comunicação online, o uso do WhatsApp como ferramenta de marketing deve ser planejado. Caso não seja, você corre o risco de gerar irritação e ter um resultado negativo junto aos usuários.

O primeiro passo é diferenciar na sua base de eleitores os multiplicadores  e eleitores comuns.

  • Multiplicadores: Fale com pessoas de sua base de dados que são influentes e que tenham contatos no WhatsApp para enviar ocasionalmente os conteúdos gerados. As pessoas nessa classificação podem ser desde um assessor, cabo eleitoral, eleitor influenciador, blogueiro ou qualquer pessoa responsável por multiplicar o alcance e potencializar a captação de eleitores;
  • Eleitores: Aqui você vai ter todos os seus eleitores em potencial. Este será o seu público-alvo que deverá ser segmentado na sua base de eleitores por meio de grupos, sendo que a utilização de um sistema de gestão política é essencial nessa fase. Em um próximo post estaremos dando dicas de como segmentar sua base eleitoral.

No segundo passo você deve focar na estratégia e gerar conteúdo relevante e que traga valor aos seus eleitores. Receber um conteúdo relevante fará com que o eleitor reencaminhe esse conteúdo ao seus contatos, potencializando seu alcance, possibilitando que atinja um público ainda maior que o esperado.

Alguns conteúdos que você pode usar no WhatsApp são:

  • Pequenos vídeos: É uma das principais estratégias de contato e trabalho de campanha;
  • Imagens: envie imagens relevantes aos seus usuários de ações que estão sendo realizadas;
  • Boletins informativos: Mantenha seus usuários informados com boletins periódicos;
  • Feedback: Envie feedback aos seus eleitores.

 

E para finalizar, sugerimos que desenvolva um material específico para este canal de comunicação pois os acessos sempre serão realizados pelo celular.

Lembre-se ainda que as pessoas ficam conectadas praticamente o dia todo, então não envie mensagens todos os dias, as mensagens devem ser periódicas, nossa sugestão é que seja realizada uma vez por semana.