Dicas de ações de campanha política

A preparação de um candidato não começa apenas durante o período da campanha política, muito antes, o político precisa construir um caminho seguro para trabalhar sua campanha. É o chamado período pré-campanha, onde a ideia é ganhar popularidade e criar alianças com pessoas influentes capazes de auxiliar no decorrer da campanha.

Quando falamos de pré-campanha estamos falando de planejamento estratégico. Assim, você poderá conferir algumas dicas de ações para trabalhar da melhor maneira possível durante sua caminhada política, aumentando suas possibilidades de êxito nas eleições.

Análise o desempenho da campanha anterior

Antes de iniciar uma nova disputa por um cargo público, é preciso rever certas as ações que deram errado na última eleição. Considere fatores como apoios e direcionamento da campanha. Muitas vezes, para que uma campanha dê certo basta refletir sobre o insucesso da tentativa anterior.

Nos casos onde o candidato saiu bem-sucedido da última eleição, é necessário pensar na atualidade de seu discurso. Muitas vezes, a necessidade das pessoas muda de uma eleição para outra, o que faz com que um mesmo candidato não seja reeleito. Aproveite esse período pré-campanha para analisar a pertinência de seu discurso.

Entenda as demandas do eleitorado

Quando o assunto é de interesse público, a chance de suas ideias terem uma maior relevância para a população, aumenta consideravelmente. Sendo assim, procure entender aquilo que seus eleitores querem para oferecer a eles algo realmente útil. O período pré-campanha é ideal para fazer isso.

Procure trabalhar com pesquisas de opinião. Elas são muito úteis para que o discurso do candidato durante a campanha encontre ressonância e atinja os eleitores. Quando você transmite uma ideia que tem a ver com as necessidades do eleitor, a tendência é de ele se interessar por sua candidatura e procurar saber mais sobre o que você pode e pretende fazer. Defina sua base eleitoral a partir desse critério e atue com maior ênfase em cima dela.

Comunique-se com lideranças locais

Para ter um parâmetro interessante de votos, procure aproximar-se de líderes locais e fazer com que essas lideranças colaborem com sua campanha, fazendo sua candidatura crescer de maneira organizada e confiável. Interaja com os mais diferentes grupos: sindicatos, clubes, ONGs, diretórios estudantis, projetos culturais, ligas, grupos de jovens, idosos, entre outros. Eles podem ser fundamentais na divulgação de suas ideias e propostas.

Reúna-se com as principais lideranças locais, de preferência comunitárias e religiosas, formando uma coordenação de campanha. Essas pessoas serão muito importantes para transmitir suas ideias e ampliar seus votos.

Por serem lideranças naturais, seu ponto de vista tem muito mais chance de alcançar outras pessoas do que pessoas comuns. Sendo assim, aproxime-se delas e traga-as para o seu lado. Certamente elas farão toda a diferença durante a campanha.

Planeje as atividades

Junto a esses líderes, as atividades devem ser devidamente planejadas com o objetivo de ampliar a rede de apoiadores. Além disso, é preciso ter em vista outros objetivos importantes, assim como a ampliação do número de pessoas que colaboram financeiramente com a campanha.

Transmita sua ideia

Você só será eleito se oferecer uma ideia pertinente para os interesses da população. Sendo assim, a pré-campanha aparece como momento ideal para pensar na ideia geral que dará rumo à campanha. Procure pensar em algo que tenha a ver tanto com sua identidade, quanto com o objetivo de sua candidatura, assim como os interesses de seus eleitores.

Por fim, pense em cativar as pessoas não somente com boas propostas, mas também com uma imagem que seja forte o suficiente para que você não seja esquecido em meio a milhares de candidatos. Pense em jingles, músicas que fiquem nas cabeças das pessoas, procure trabalhar com profissionais de qualidade em sua equipe, como fotógrafos e até animadores capazes de criar desenhos seus. Além disso, não esqueça do conteúdo. Bons slogans já entraram para a história da política brasileira por sua pertinência e por oferecerem algum diferencial.